sábado, 8 de agosto de 2009

GIRA PEDAL - ULTRAPASSANDO FRONTEIRAS


É isso mesmo galera, o Gira Pedal agora é um grupo inter-estadual. Ultrapassamos pedalando neste sábado a fronteira de São Paulo/Minas Gerais. Veja na matéria abaixo....
Acordamos e fomos rumo ao ponto de encontro, ou seja, a praça de Monteiro Lobato. Antes porém, quando estávamos passando na frente da tão famigerada Casa do Queijo, avistamos a galera do meu Tio se preparando para o pedal deles. Demos uma buzinada básica (no bom sentido lógico) e seguimos ao nosso desafio.
No entanto alguém se atrasou, ninguém menos do que o nosso guia do sábado Sr. Luiz Left, o qual chegou a milhão em Monteiro Lobado e rapidamente, com a ajuda da sua fiel escudeira, Carol, deu início aos preparativos para o grande pedal.....rs

Saímos rumo ao Bairro do Souza com um dia promissor, o qual deixaria as paisagens dígnas de fotografia, com a neblina ainda fazendo o seu efeito caracterísco nas Serras da nossa região.


No caminho encontramos vários sítios e chácaras e o portão de entrada era sempre um mais diferente do que o outro, neste da foto tinha até um local muito bem preparado para a imagem da Santa, Ricardão já aproveitou e fez um prece....., digo uma pose....rs



Na primeira subida demos uma parada na fonte muito bem estruturada para receber os passantes, e como sempre, aproveitamos para matar a sede e tirar fotos.



O céu ficou ainda mais bonito sem um única núvem, apesar do calor estar mais forte do que o esperado para esta época do ano, fui tudo muito agradável.



Apesar das subidas, algumas descidas ajudaram a embalar a trilha.


Chegamos em Souza, bairro de Monteiro Lobado, depois de uma descida bem legal, e pudemos ver como é a diferença da vida na cidade e da vida lá, ou seja, quase não tinha vida....
Como até este ponto somente havíamos percorrido 13 km, o Luiz descidiu pedir uma dica para os Senhores que estavam na praça (vendo o tempo passar - coisa boa!!!!), para saber se poderíamos incrementar o pedal.


Bem, parte da galera depois do parágrafo acima já deve ter imaginado, "estava tudo indo bem, o Left tinha que aprontar", pois bem, descobrímos que havia uma subida de 7 km que acabava dentro do Estado de Minas Gerais (Sapucaí Mirim), e depois poderíamos atravessar uma "trilha de vacas" até pegar outra estrada de terra para retornarmos à Monteiro Lobado.

Lá fomos nós, com um início bem animador, mas não demorou e a subida apareceu. Bem, talvez eu esteja aumentando um pouco, mas posso dizer que foi uma subida 2x mais forte que a Casinha, mas seguimos em frente. Região muito bonita galera.
Já no início encontramos com o famoso Carlão, funcionário de uma das chácaras da região montado em sua Bike Equina Machador Proshok ML (manga larga), 4 Velicidades e ferraduras, que nos acompanhou até o topo do morro para ensinar a trilha escolhida pela galera.

E foi depois desta subida sem fim que chegamos na divisa dos Estados de São Paulo e Minas Gerais, o que fizemos questão de tirar a foto como prova, veja a diferença de fauna e flora, é nítida a fronteira...... impressionante....!!!!! Podemos dizer que eu e o Ricardo estávamos em Minas e o Left e a Carol em São Paulo.



Bem, mas os problemas não acabaram, pois tínhamos ainda que atravessar a "trilha de vaca" mencionada pelo Carlão para conseguirmos achar a estrada de retorno.
Como pode ser facilmente notado na foto, foi realmente muito fácil achar a trilha. Olha a cara do Ricardo!!!! O Left e a Carol já estavam perdidos... brincadeira.



Descobrimos que havíamos entrado na Mata errada, e depois de muita aventura na selva retornamos a estrada em busca ainda da super trilha de vaca. "Aventuras do Left", acho que seria um bom tema de livro.

Olha a foto, achou que era tudo facinho?? Era não.

No final achamos uma casa no fim da trilha, mesmo com o portão fechado tivemos que atravessar e visualizar a tão esperada estrada, mas pela frente ainda teríamos que passar por um pasto cheio de cercas e espinhos.
É Fabiano, acho que é a hora exata da sua famosa frase: - Rumo ao próximo desafio... e fomos, felizes da vida, com um arranhão ali outro acolá, ultrapassando cercas e buracos com a bike em punho.... delícia....

Mas não acabou não, fomos surpreendidos com um mini ZIG ZAG, vejam pela foto. No entanto ele não era tão pedalável como parece, e fomos aos tracos e barrancos até chegar na estrada de retorno. Brincadeiras a parte, e sem mencionar que demorou 3 horas para percorremos 2 Km, fui tudo muito louco, divertido e com uma história fenomenal para este grupo.

Ah! esqueci, e como não poderia faltar furou um pneu, o da Carou graças ao espinho do morro.


No caminho de volta, no meio do estradão de terra, o Ricardo encontrou uma Senhora conhecida dos tempos de trabalho, antes dela se aponsentar, o difícil foi ela reconhecer o nosso amigo vestido daquele jeito (no fim do mundo hein Ricardo???), eita mundo sem porteira....
Na volta decidimos retornar pelo asfalto, aproximadamente 18 km, "não se desespere Fabiano, outros pedais terão asfalto também, não se torture por não ter participado deste ok??????
Como praga, furou outro pneu, agora do Left.


Bem galera, ainda paramos no bairro de São Benedito para comermos alguma coisa e partimos até Monteiro Lobado, encerrando nossa aventura deste sábado (ao todo foram 44 km). Posso dizer que foi muito legal, difícil e divertida nossa aventura, apensar de desfalcada de grande parte da galera a gente pode tirar sarro, pedalar e curtir a paisagem, como sempre fazemos.
Obrigado Ricardo, Left e Carol pela pedalada, e obrigado Deus por tudo ter corrido bem sem acidentes e problemas.
------------------------------------------------------------
------------------------------------------------------------
EXTRA - EXTRA -
NOTÍCIA DE ULTIMA HORA
Um PAPARAZI pedaleiro mandou para a nossa central de notícias um flagra tirado em Belo Horizonte. Infelizmente ele teve uma recaída, e a foto diz tudo.

E Mestre.....hehehehe


Em homenagem a nossa representante do sexo feminino no pedal desta sábado, o vídeo vai pela primeira vez com o fundo musical cantado também por uma mulher.... É isso aí Carol.
video

Valeu cada pedalada...

5 comentários:

  1. Diegão Parabéns mais uma vez pelo blog Show de Bola..... mas eu falei q o Fabiano ia ter uma recaída na hora q visse aquela revoada de speedeiros na Lagoa da Pampulha eu sabia!!!!!!

    teremos que aplicar outra injeção na veia do Mestre de Terra de Montanha em doses mais fortes e ele tá proibido de se ausentar dos pedais até superar este trauma.

    Abraços!!!!!

    Rodrigão.

    ResponderExcluir
  2. É isso ai....Diego. Parabéns por mais um blog. Muito bonito. A cada pedal, novas experiências, novos desafios, novos amigos. Show de bola.
    Quanto a recaida do Fabiano, concordo com o Rodrigo. Tem que aplicar uma dose mais forte na veia porque senão outras recaidas virão.!!!!
    Valeu galera participante deste pedal(Carol, Left, Diego e Ricardo(meu amor). Rumo ao próximo desafio.
    Abç.

    Lilian

    ResponderExcluir
  3. HEHEHEHEHHEHEHEHE
    No achei que a equipe de paparazi do Gira Pedal estaria em Belo Horizonte para registrar o meu treino na Lagoa da Pampulha rsrsrsrs....
    Show de bola o pedal ...... perdi este single track .....que merda ...
    E para tristeza de todos no próximo final de semana to de volta a Equipe Gira Pedal, e bem longe do asfalto (chega o que aconteceu com o Lord Silvio).

    Rumo ao próximo desafio.

    Fabiano - Mestre dos Magos

    ResponderExcluir
  4. Pedal do Left sem perrengue não é pedal do Left...rsrsrs!!!!
    Pena que perdi esse, pelas fotos deve ter sido demais.
    Aê Mestre imagina aquele downhill estilo zig-zag!!

    Abraços,

    Mazzeo

    ResponderExcluir
  5. Realmente pelas fotos o lugar deve ser SHOOWW !!
    Muito bom....

    Speed na Pampulha... Ta complicado em Mestre.... hehehe... Mas recaídas acontecem... hehe

    Abraços GALERA !!!

    ResponderExcluir